Home Office é a nova aposta do mercado de trabalho para o futuro dos profissionais. O modelo vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil, pois, além de se encaixar nos mais diversos estilos de profissionais, essa tendência promete reduzir custos, proporcionar o desenvolvimento de novos projetos e aumentar a produtividade das empresas. Já para os profissionais que estão buscando uma recolocação no mercado de trabalho, o Home Office tende a ser o sonho da grande maioria. Entenda por que este novo modelo de trabalho virou o queridinho do momento.

Permitir o trabalho remoto (Home Office) oferece uma série de benefícios, como flexibilidade de horário, comodidade, qualidade de vida, e principalmente, fazer o profissional administrar sua própria rotina. Já para o empregador este modelo otimiza as atividades, aumenta a produtividade e reduz o custo com alguns encargos sociais, como o vale transporte.

Engana-se quem acha que o empregado Home Office possui direitos diferentes de quem cumpre a jornada presencialmente. Em 2011, o artigo 6° da Consolidação de Leis de Trabalho (CLT) foi alterado e igualou os direitos do trabalhador remoto com aqueles que realizam sua jornada na empresa.

Com isso, a lei definiu que o empregado remoto deve ter um expediente de trabalho, com horário para começar e terminar, com contrato preestabelecido e até com limite para horas extras. Cabe ao empregador fazer o controle da jornada destes funcionários.

Segundo a, advogada Cecília Teixeira de Carvalho, especialista em questões trabalhistas do escritório Bobrow Teixeira de Carvalho Advogados , com o surgimento dos novos modelos de trabalho a legislação reconheceu a necessidade de criar medidas alternativas para o controle da jornada dos empregados. “O ministério do trabalho criou a portaria 373, que permite às empresas adotarem sistemas alternativos de marcação de ponto, ou seja, ela rompeu com a obrigatoriedade do ponto homologado, e validou os pontos digitais móveis ou qualquer outro sistema digital para o controle do horário dos funcionários.” comenta Cecília.

Vale ressaltar que o § 2º do art. 74 da CLT estabelece a obrigatoriedade do controle de horário de trabalho para empresas com mais de 10 funcionários, seja por meio de ponto manual, mecânico ou eletrônico. Segundo a especialista é preciso tomar uma série de cuidados ao adotar o modelo de trabalho remoto. “As empresas precisam desenvolver regras e normas para administrar a rotina desses trabalhadores. É necessário criar uma política interna, onde estabeleça todas as regras, e responsabilidades, bem como um regulamento sobre a segurança das informações, além de um canal de comunicação para estes colaboradores externos.” explica Cecília.

É imprescindível que as empresas fiquem atentas a estes detalhes para não cair em algumas armadilhas que podem comprometer a gestão da jornada de trabalho. Confira quais os principais cuidados que as empresas devem ter para administrar o controle do ponto dos colaboradores remotos.

Especificações no contrato de trabalho

O contrato de trabalho desses colaboradores não possui diferenças importantes em relação àquele onde o colaborador cumpre a jornada no escritório. Todas as informações contratuais como salário, jornada de trabalho e benefícios devem ser especificadas neste documento. Vale ressaltar que no caso do Home Office, a empresa deve especificar também as despesas decorrentes da realização do labor, como: Internet, computador e celular.

Controle de horários

A empresa tem liberdade para escolher o sistema de controle de jornada do colaborador. Também possui obrigação de controlar por meio de um sistema de ponto, quando houver mais de 10 funcionários.

Hora Extra

O empregado remoto possui todos os direitos ao pagamento das horas extraordinárias realizadas. A empresa pode especificar em contrato de trabalho o limite para hora extra, sempre respeitando os parâmetros estabelecidos pela CLT.

Cuidados com o Sobreaviso

O regime sobreaviso é caracterizado quando o funcionário é solicitado para realizar atividade ou tarefa, fora de seu horário habitual de trabalho. O Tribunal Superior do Trabalho (TST) criou uma súmula para garantir que o sobreaviso ou famoso plantão, seja pago independente se o empregado realizar sua jornada remotamente ou não.

As soluções tecnológicas

A tecnologia criou diversas alternativas que auxiliam as empresas a gerir a jornada de trabalho dos colaboradores que fazem serviço externo ou que adotaram o Home Office.

Um exemplo dessas alternativas é o PontoTel , que modernizou o controle de ponto e criou um sistema que permite realizar o registro do ponto por celular, tablet ou computador. Solucionando assim, o problema de organizações que possuem dificuldade para administrar o horário de trabalho dos seus colaboradores externos ou profissionais que trabalham Home Office.

Para o gerente de RH da empresa Ala Serviços, Adimilson Xavier, o PontoTel foi a luz no fim do túnel para sua empresa: “Agora eu consigo administrar a jornada de trabalho dos meus colaboradores externos com muito mais facilidade. As informações, além de serem precisas, são enviadas em tempo real. O sistema me ajudou muito com as rotinas do dia a dia.” relata.

Segundo a empresa Your Office, que disponibiliza salas de reunião para locação, no
Brasil atualmente 1,2% das empresas já adotaram o sistema de trabalho remoto, seja Home Office ou com o serviço externo. “As estatísticas comprovam que as empresas que adotam o trabalho remoto apresentam um aumento na produtividade. A flexibilidade do trabalho vem trazendo resultados muito benéficos, o mercado está mudando e os novos modelos de trabalho estão aí para comprovar”, diz Cecília.

Pra mais informações, acesse: www.pontotel.com.br

GestãoClick Gestão Empresarial

2 COMENTÁRIOS

  1. Upcoming New Releases: Going with exactly the same concept above, if youu have a friend in radio orr are merely really ahesad with the curve musically, you
    might create a site that lists and describes the
    upocoming new album releases. If one is careful not to offend, create or she could generate a huge number of new readers.
    In online marketing, people to some website
    is driven from another website or from email.

  2. If you like reading news, why not make use of ann online news
    aggregate to assist boost your comprehension skills inside the new vernacular.
    The relationships you establish will bbe the difference between makng money online and time wasted.
    Advertising works extremely well on your own website providing you with the video or it is possible to also embed tthe advertising within it.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here